Fundada em 1780
Farmácia Laboratório Ortopedia Perfumaria Museu
SERVIÇOS » DETERMINAÇÃO DO ÍNDICE DE MASSA CORPORAL (IMC)
» voltar atrás
A obesidade é um problema de saúde e não apenas um problema estético; é uma doença crónica que constitui um importante factor de risco para o aparecimento, desenvolvimento e agravamento de outras doenças. Associa-se a um grande número de co-morbilidades, assim como a uma redução da esperança de vida, pelo que merece toda a atenção dos técnicos de saúde. A Organização Mundial de Saúde (OMS) considerou esta doença como a epidemia global do século XXI.


A obesidade define-se como um desequilíbrio entre a ingestão e o gasto de energia, em que o excesso de energia consumido leva a um aumento de gordura corporal.
Embora os factores genéticos possam contribuir para a obesidade, as principais causas recaem sobre o consumo crescente de comidas com alto valor calórico, ricas em gorduras saturadas e açúcares, além de actividade física reduzida, ou seja, sedentarismo.
Muitos doentes com excesso de peso apresentam alterações da função da insulina e do metabolismo dos hidratos de carbono, das lipoproteínas e dos triglicerídeos. Todas estas situações constituem factores de risco para o desenvolvimento de diabetes mellitus tipo 2 e ocorrência de doença cardiovascular. A probabilidade de desenvolver hipertensão e diabetes aumenta proporcionalmente ao aumento do Índice de Massa Corporal (IMC). O excesso de peso aumenta também o risco de desenvolvimento de outros problemas de saúde, incluindo alguns tipos de cancro, doenças gastrointestinais, perturbações respiratórias e doenças osteoarticulares.
O processo mais utilizado para determinar o excesso de peso é o cálculo do IMC ou Índice de Quetelet. O IMC é uma medida internacional do grau de obesidade de uma pessoa. Através do cálculo de IMC é possível saber se alguém está acima ou abaixo dos parâmetros ideais de peso para sua estatura.

O cálculo do IMC baseia-se na relação entre o peso em quilogramas pela altura ao quadrado (em metros).

IMC =    peso   
(altura)²

O resultado é comparado com a tabela de IMC que indica o grau de obesidade do indivíduo.

IMC Classificação
< 18,5 Abaixo de peso ideal
18,5 - 24,9 Peso normal
25,0 - 29,9 Excesso de peso
30,0 - 34,9 Obesidade (Grau I)
35,0 - 39,9 Obesidade (Grau II)
> 40,0 Obesidade (Grau III)

O IMC apresenta alguns problemas:
• O IMC precisa de gráficos específicos para ser aplicado a crianças
• O IMC não discrimina os componentes gordo e magro da massa corporal total
• Pessoas musculosas podem ter um IMC inadequado à sua realidade e serem consideradas obesas
• Diferenças étnicas também influenciam no IMC, por exemplo pessoas de origem asiática podem ser consideradas mais obesas
• O IMC não é aplicável para idosos, possuem classificação diferenciada.
Em suma, o IMC, não é aplicado a idosos, atletas, crianças e mulheres grávidas ou a amamentar.

» voltar atrás
CALENDÁRIO DE SERVIÇO
PUBLICIDADE
PARCEIROS
PUBLICIDADE
home | adicionar aos favoritos | sugerir este site | mapa do site | desenvolvido por arkis